Ânsia

Há pequenas coisas que atiçam o amor
Que nos dão um grande desejo de amar
Uma enorme ânsia de sofrer...


Amantes

Vem!
Vem comigo
Cansados de Amor
Mergulhemos juntos na noite
no silêncio dos Amantes
Amor Amor Amor
Repete comigo
as palavras que nos dão paz...


®Pôesia do Mundo

A minha foto
Le Vésinet, Yvelines, France
É impossível não se dizer ( no mínimo de letras ) e, ao mesmo tempo, em que não se pode tudo dizer ( no máximo de palavras ). Falar demais: È escancarar detalhes insignificantes da vida doméstica. A minha vida sustenta-se no diário de algumas palavras: Trabalho, Respeito, Ternura, Amizade, Saudades, Amor. PEQUENOS VALORES Viver é acreditar no nascer e no pôr-do-sol É ter esperança de que o amanhã será sempre o melhor É renascer a cada dia É aprender a crescer a cada momento É acreditar no amor É inventar a própria vida... No decorrer desta vida, o prazer, a alegria, a tristeza,a dor, o amor, desfilam em nossa alma e em nosso coração deixando diferentes marcas. São essas marcas combinadas que formam a riqueza da nossa caminhada. Um caminho onde o mais importante não é chegar e sim caminhar. Valorize todos os detalhes, todas as subidas e descidas, as pedras, as curvas, o silêncio, a brisa e as montanhas deste seu caminho, para que você possa dizer de cabeça erguida, no futuro: Cresci Chorei Sorri Caí Levantei Aprendi Amei Fui Amado Perdi Venci Vivi E, principalmente, sou uma pessoa feliz!




segunda-feira, 6 de julho de 2009

ME ENCANTE


ME ENCANTE ...


Me encante da maneira que você quiser, como você souber.

Me encante, para que eu possa me dar.

Me encante nos mínimos detalhes. Saiba me sorrir,
aquele sorriso malicioso e gostoso, inocente e carente.

Me encante com suas mãos, gesticule quando for preciso,
me toque, quero correr esse risco.

Me acarinhe se quiser, vou fingir que não entendo,
que nem queria esse momento.

Me encante com seus olhos,
me olhe profundo, mas só por um segundo,
depois desvie o seu olhar, como se o meu olhar,
não tivesse conseguido te encantar....
e então, volte a me fitar, tão profundamente,
que eu fique perdida sem saber o que falar...

Me encante com suas palavras, me fale dos seus sonhos,
dos seus prazeres, me conte segredos, sem medos ...
e depois me diga o quanto eu te encantei.

Me encante com serenidade, mas não se esqueça,
também tem que ser com simplicidade, não pode haver maldade.
Me encante com uma certa calma, não tenha pressa, tente entender a minha alma.

Me encante como você fez com a primeira namorada,
sem subterfúgios, sem cálculos, sem dúvidas, com certezas.

Me encante na calada da madrugada, na luz do sol ou embaixo da chuva.

Me encante sem dizer nada ou até dizendo tudo,
sorrindo ou chorando, triste ou alegre ...
mas me encante de verdade, com vontade ...
que depois, eu te confesso que me apaixonei
e prometo te encantar todos os dias, do resto das nossas vidas!!!



Silvana Duboc

1 comentário:

Efigênia Coutinho disse...

SAUDADES...BEIJOS BOA SEMANA COM:

Líricas Tatuagens
Efigênia Coutinho (Mallemont)

Em tua pele
gravei meus versos,
odes ao sonho,
infinita inspiração;
líricas tatuagens
de tons suaves
no pergaminho
da mais terna emoção.
Acessa a fantasia
de gestos divinais!


Quisera
que em ti nunca
se apagassem
esses versos
fugidos do coração,
que eles te sigam
pela vida inteira,
indeléveis e puros,
testemunhos mudos
duma eterna canção.


Balneário Camboriú
2003