Ânsia

Há pequenas coisas que atiçam o amor
Que nos dão um grande desejo de amar
Uma enorme ânsia de sofrer...


Amantes

Vem!
Vem comigo
Cansados de Amor
Mergulhemos juntos na noite
no silêncio dos Amantes
Amor Amor Amor
Repete comigo
as palavras que nos dão paz...


®Pôesia do Mundo

A minha foto
Le Vésinet, Yvelines, France
É impossível não se dizer ( no mínimo de letras ) e, ao mesmo tempo, em que não se pode tudo dizer ( no máximo de palavras ). Falar demais: È escancarar detalhes insignificantes da vida doméstica. A minha vida sustenta-se no diário de algumas palavras: Trabalho, Respeito, Ternura, Amizade, Saudades, Amor. PEQUENOS VALORES Viver é acreditar no nascer e no pôr-do-sol É ter esperança de que o amanhã será sempre o melhor É renascer a cada dia É aprender a crescer a cada momento É acreditar no amor É inventar a própria vida... No decorrer desta vida, o prazer, a alegria, a tristeza,a dor, o amor, desfilam em nossa alma e em nosso coração deixando diferentes marcas. São essas marcas combinadas que formam a riqueza da nossa caminhada. Um caminho onde o mais importante não é chegar e sim caminhar. Valorize todos os detalhes, todas as subidas e descidas, as pedras, as curvas, o silêncio, a brisa e as montanhas deste seu caminho, para que você possa dizer de cabeça erguida, no futuro: Cresci Chorei Sorri Caí Levantei Aprendi Amei Fui Amado Perdi Venci Vivi E, principalmente, sou uma pessoa feliz!




quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Fronteira


Fronteira


Fronteira

Há o silêncio das estradas
e o silêncio das estrelas
e um canto de ave, tão branco,
tão branco, que se diria
também ser puro silêncio.

Não vem mensagem do vento,
nem ressonâncias longínquas
de passos passando em vão.

Há um porto de águas paradas
e um barco tão solitário,
que se esqueceu de existir.

Há uma lembrança do mundo
mas tão distante e suspensa...

Há uma saudade da vida
porém tão perdida e vaga,
e há a espera, a infinita espera,
a espera quase presença
da mão de puro mistério
que tomará minha mão
e me levará sonhando
para além deste silêncio,
para além desta aflição...




Tasso da Silveira

2 comentários:

REGGINA MOON disse...

Antònio,

Muitas vezes nossas vidas são feitas de esperas, longas e intermináveis esperas...mas do nosso destino pouca sabemos, só nos cabe viver nesse barco das ilusões que nos leva a navegar pela vida...

Desejo a voce um Feliz Natal junto aos seus, com muita saúde e paz!!

Um beijo!!

Reggina Moon

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi António! Meu caro amigo, passei para conferir e me deliciar com mais uma de tuas belas escolhas, como também para agradecer pelas tuas amaveis e constantes visitas, que muito me honra e estimula à continuar. Estarei fazendo uma pausa até o início do novo ano para descansar um pouco. Mas, gostaria muito que conferisses a minha postagem mais recente.

"Feliz Natal e um 2010 repleto de realizações".

Abraços,

Furtado.