Ânsia

Há pequenas coisas que atiçam o amor
Que nos dão um grande desejo de amar
Uma enorme ânsia de sofrer...


Amantes

Vem!
Vem comigo
Cansados de Amor
Mergulhemos juntos na noite
no silêncio dos Amantes
Amor Amor Amor
Repete comigo
as palavras que nos dão paz...


®Pôesia do Mundo

A minha foto
Le Vésinet, Yvelines, France
É impossível não se dizer ( no mínimo de letras ) e, ao mesmo tempo, em que não se pode tudo dizer ( no máximo de palavras ). Falar demais: È escancarar detalhes insignificantes da vida doméstica. A minha vida sustenta-se no diário de algumas palavras: Trabalho, Respeito, Ternura, Amizade, Saudades, Amor. PEQUENOS VALORES Viver é acreditar no nascer e no pôr-do-sol É ter esperança de que o amanhã será sempre o melhor É renascer a cada dia É aprender a crescer a cada momento É acreditar no amor É inventar a própria vida... No decorrer desta vida, o prazer, a alegria, a tristeza,a dor, o amor, desfilam em nossa alma e em nosso coração deixando diferentes marcas. São essas marcas combinadas que formam a riqueza da nossa caminhada. Um caminho onde o mais importante não é chegar e sim caminhar. Valorize todos os detalhes, todas as subidas e descidas, as pedras, as curvas, o silêncio, a brisa e as montanhas deste seu caminho, para que você possa dizer de cabeça erguida, no futuro: Cresci Chorei Sorri Caí Levantei Aprendi Amei Fui Amado Perdi Venci Vivi E, principalmente, sou uma pessoa feliz!




sábado, 10 de julho de 2010

Fim De Tarde


Fim De Tarde



Fim De Tarde
hoje a tarde chegou mais tarde
como se quisesse evitar a noite
ainda que tarde,
clamo calado o teu nome
e,
tristonho,
ouço-te não me escutar

em vão são os meus versos
pois se tornam dispersos e sem cor
dor,
é o que sinto nesta tarde
em que a saudade anoiteceu meu coração

antes nada tivesse acontecido
para que nesta tão fria tarde
eu não sentisse o ontem impossível
chamado saudade...



José Eustáquio da Silva

6 comentários:

Folhas de Andreza disse...

Antonio...agradeço por estar entre as folhagens...otimo domingo pra ti,bjks doce em teu ♥,Andreza.

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

UAUUUU!!!QUE LINDO POEMA SE LER E RELER.PARABÉNS AMIGO!!!UM LINDO DOMINGO CHEIO DE AMOR.BJUS!!!

Arnalda Rabelo disse...

Antonio,

Melancólicos, porém ternos
esses seus versos.

Agradeço o carinho de suas visitas
e aproveito para desejar-lhe um domingo abençoado e feliz!
Meu carinho, sempre!

*

A paz que vem dos céus é uma paz
que independe das circunstâncias.

Arnalda Rabelo

*Mundo Particular* disse...

Olá!! Adorei seu blog, bem como as poesias, são lindas.

*Mundo Particular* disse...

Lindo poema e lindo blog!!

cristal de uma mulher disse...

Quando amamos nossos dias nunca tem noites porque estamos felizes. Máis que quando desolados de tristezas por perdas ,as noites são longas como uma arvore sombria que já não dar mais frutos.

O importante é viver cada momento em minimos detalhes para que se acabar um dia não possamos mendigar em nossas almas o que poderia ter feito,se doado mais nos mais intimo e belos instantes.

Amigo quando temos amigos ele sofrem conosco também.

Lute por teus ideais ainda que para ti seja impossível,a natureza costumam nos fazer surpresas.

Deijo um beijo de aconchego